27.2.07

Assaltantes mal informados sobre cinema

No último domingo, entre 22h45 e 23 horas, as bilheterias do Cine Rio já estavam fechadas quando dois mulatos sacaram seus revólveres contra o gerente e o lanterninha que estavam na sala de espera. Ambos pareciam não gostar muito de cinema e não fizeram nenhuma citação dos filmes famosos, limitando-se a obrigar o gerente a abrir o cofre, pensando encontrar uma grande fortuna. Levaram toda a féria do dia, que, para cinema nacional, não era das piores: Cr$ 43.700,00.

Os dois assaltantes nada trapalhões e certamente muito mambembes colocaram a grande entro de uma camiseta encardida e pegaram o lanterninha como refém. A ocorrência foi registrada na delegacia mais próxima, com uma nota complementar: é a primeira vez que se vê assalto a cinema que exibe filme nacional. Mas isso tem uma explicação muito simples: os assaltantes estavam muito mal informado sobre o cinema, ignorando que as rendas de "A Profecia" e "Todos os Homens do Presidente" são muito mais polpudas. Mas o maior crime deles é mesmo não ter assistido "À Flor da Pele". JF.

(Folha de S. Paulo, 8 de março de 1977)

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home